Atleta de São Caetano, Ícaro Miguel é o primeiro brasileiro a alcançar o topo do ranking mundial de taekwondo

Taekwondo Icaro e Milena_ (2).jpg

Fotos: Junior Camargo / PMSCS e Divulgação

Um atleta de São Caetano do Sul alcançou o lugar mais disputado do mundo em seu esporte: é Ícaro Miguel Martins Soares, 24 anos, o mais novo líder do ranking mundial da Federação Internacional de Taekwondo (World Taekwondo), na categoria até 87 kg.

 

A atualização de abril foi divulgada nesta quarta-feira (1/4) no site da entidade. Na casa de seus pais, Margarete e Horoni, em Juatuba, na Grande Belo Horizonte (MG), Ícaro estava ao lado da irmã Brisa e do primo Douglas quando passou a receber em seu celular mensagens e mais mensagens de parabéns. “Pensei que fosse brincadeira do pessoal, principalmente por se tratar de 1º de abril”, brincou.

 

No entanto, ao entrar no grupo de sua equipe de taekwondo em São Caetano, a Two Brothers, Ícaro viu um post de seu treinador Clayton dos Santos, que também o treina na Seleção Brasileira, felicitando-o pela primeira colocação no ranking mundial. “Aí, não aguentei e dei um grito de alegria!  Em segundos estava rodeado da família, todo mundo comemorando” , conta o jovem atleta.

 

QUARENTENA

Ícaro está em quarentena ao lado da família, mas continua realizando seus treinos em casa. “Não podemos perder a forma, porque em breve voltamos aos treinos pesados visando às Olimpíadas de Tóquio, que acontecerá nos meses de julho e agosto de 2021.”

 

Ícaro Miguel treina no Centro de Treinamento Esportivo Mario Chekin, no Bairro São José, e vai às Olimpíadas ao lado da sulsancaetanense Milena Titoneli -- oriunda do PEC (Programa Esportivo Comunitário) – e dos treinadores Reginaldo e Clayton dos Santos, todos da equipe Two Brothers de São Caetano do Sul.

 

Revitalizado, Centro Policlínico Gentil Rstom passa a atender também aos sábados, em

São Caetano

 

Reabetura Policlinica Gentil Rstom-4.jpg

Policlínica Gentil Rstom - Foto Eric Romero / PMSCS

Os moradores do Bairro Nova Gerty, em São Caetano do Sul, já têm de volta o seu “postinho de Saúde”, como é carinhosamente chamado o Centro Policlínico Gentil Rstom, na Avenida Tietê. Após obras de revitalização, a unidade foi reaberta na quarta-feira (1/4), sem evento, seguindo as recomendações de enfrentamento ao novo coronavírus.

A grande novidade é a inclusão do Centro Policlínico no Programa Saúde Hora Extra, que amplia o atendimento para de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e agora também aos sábados, das 8h às 12h.

A unidade é a quinta contemplada pelo programa. As demais são as UBSs Ivanhoé Esposito (Bairro Barcelona), Dolores Massei (São José), Nair Spina Benedicts (Oswaldo Cruz) e Amélia R. Locatelli (Santa Maria).

“O Centro Policlínico foi totalmente modernizado e ampliado, oferecendo mais conforto e estabelecendo um novo padrão de atendimento aos pacientes”, afirmou o prefeito José Auricchio Júnior, que realizou visita técnica ao espaço. O chefe do Executivo aproveitou para reforçar o apelo para que as pessoas fiquem em casa. “Estamos fazendo todo o esforço possível para combater o coronavírus.”

O Gentil Rstom passou de seis para dez consultórios, incluindo dois odontológicos. Ganhou ainda um escovódromo, uma sala de acolhimento, climatização (com instalação de aparelhos de ar-condicionado), adequação da rede lógica para a implantação do prontuário eletrônico, elevador, substituição de portas, janelas, caixilhos e revestimentos internos, readequação de sanitários, instalação de luminárias em LED, reforma do telhado, adaptações para acessibilidade (plataforma elevatória, sanitários PcD e piso podotátil) e instalação de telas antipombo.

Tudo planejado e executado para oferecer mais conforto para os pacientes e melhores condições de trabalho aos funcionários.  O investimento total foi de R$ 499,2 mil.

A secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone, lembrou que, neste momento de pandemia, o Centro Policlínico atenderá casos de extrema necessidade, como síndromes gripais e atualização de receitas, sem a necessidade de agendamento, seguindo o que já é realizado nas demais unidades. “Os atendimentos eletivos continuam suspensos, assim como em todo o Estado.”

Na volta à normalidade, o Gentil Rstom oferecerá atendimentos em Otorrinolaringologia, Pneumologia, Reumatologia, Pediatria, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia (especialidades que já eram oferecidas antes da obra), Alergia, Dermatologia e Vascular (as três últimas, novidades pós-revitalização).

Prefeitura de São Caetano cria boletim detalhado para informar sobre casos de covid-19

A transparência norteia todas as ações da Prefeitura de São Caetano do Sul. E na pandemia do coronavírus não é diferente. Trabalhando com a máxima lisura para bem informar os veículos de imprensa e a população, a Subsecretaria de Comunicação disponibiliza boletins diários sobre os casos de covid-19 na cidade desde 14 de março, quando foi registrado o primeiro infectado no município.

Este trabalho foi aperfeiçoado nesta semana. Com o apoio da Subsecretaria de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, os boletins agora vão além de informar sobre a quantidade de casos confirmados e em investigação, traçando também o perfil dos infectados (idade, sexo e comorbidades), o estado de saúde deles e, se internado, em qual hospital está. A compilação dos dados abrange os hospitais públicos e privados.

Os dados são atualizados diariamente e disponibilizados, no período noturno, no site www.saocaetanodosul.sp.gov.br.

“Adotamos série de medidas para salvar vidas. E, além de comunicar estas ações, consideramos essencial informar os moradores sobre os casos, com o maior detalhamento possível. Esta divulgação ampla, oficial e transparente também combate as fake news, propagadas por pessoas com interesses obscuros, e que só levam pânico à população”, ressalta o prefeito José Auricchio Júnior.

O subsecretário de Comunicação, Fernando Scarmelloti, destaca que a informação é uma das ferramentas para a cidade atravessar este momento com mais tranquilidade. “Toda nossa equipe está voltada à cobertura da pandemia em nossas plataformas, com destaque às redes sociais e ao envio de informações pelo WhatsApp São Caetano, ferramentas que nos garantem transparência, agilidade e comunicação mais eficiente com os moradores. Aqui os números estão abertos à comunidade, são reais e levamos à cidade de forma técnica e responsável”, enfatiza.

PC-SP médio copy_Easy-Resize.com.jpg  baixa.jpg

Prefeitura vai distribuir kits para as pessoas fazerem teste do coronavírus em casa

A Prefeitura de São Caetano do Sul lança nos próximos dias ações importantes para conter a disseminação do coronavírus e monitorar com mais detalhamento o avanço dos casos na cidade. 

 

Visita Tecnica nos equipamento Radiologico Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin-20.jpg

Dra Regina Maura e o Prefeito josé Auricchio Junior

A Secretaria de Saúde vai lançar o Disque Coronavírus e também vai distribuir kits para as pessoas fazerem testes em casa, sem precisar se deslocar para hospitais e, assim, evitar locomoções que aumentem o risco de transmissão da covid-19.

Segundo o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), a medida é moderna e baseada no sistema utilizado na Coreia do Sul. “Estamos tomando todas as medidas necessárias para combater e prevenir a pandemia, sempre com base em dados técnicos, médicos e científicos. Esse novo projeto é uma tentativa de detecção precoce nos grupos de risco para que possamos produzir o isolamento mais direcionado, e, consequentemente, diminuir a contaminação comunitária”, afirmou o chefe do Executivo.

COMO FUNCIONA

A Prefeitura vai disponibilizar uma linha telefônica gratuita (0800) para ser acionada pelo morador com sintomas de síndromes gripais. Um site também será disponibilizado aos munícipes. Após o contato telefônico ou acesso ao site, será feito o cadastro do paciente, com informações pessoais. Será produzido um prontuário eletrônico que permitirá que o sistema encontre a equipe do PSF (Programa Saúde da Família) que atende o bairro do morador.

Em um segundo momento, equipe especializada entra em contato para fazer a análise do seu quadro clínico e sintomático. Caso necessite, uma visita será agendada para que uma equipe leve o kit de teste, para ser feito em casa, com o nome do paciente para identificação. Um vídeo será enviado ao paciente para ensiná-lo a realizar a auto coleta do exame.

Para fazer todo esse serviço, estão sendo treinados 220 internos da Faculdade de Medicina da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul), 80 agentes comunitários e outros 80 auxiliares de enfermagem.

Para facilitar o transporte e a locomoção das equipes e dos exames, a montadora GM (General Motors) cedeu 18 veículos à Prefeitura.

GRUPO DE RISCO

Vale ressaltar que esse programa será disponibilizado para aqueles que estão no chamado grupo de risco, ou seja, maiores de 60 anos e pessoas que tenham algum tipo de comorbidade (diabéticos, hipertensos, com problemas cardíacos, problemas imunológicos e fumantes, entre outros). A equipe de Saúde da Família vai monitorar o paciente, que será mantido em isolamento domiciliar, até que ele tenha alta. Também serão observadas e controladas as pessoas que tiveram contato com o doente. O infectado deverá ir ao hospital apenas se houver complicações do quadro, principalmente respiratório.

“O progresso do coronavírus em São Caetano está abaixo do esperado. Atribuímos este bom resultado até aqui ao isolamento social que, aos poucos, foi sendo adotado. Estamos otimistas com o isolamento, que parece estar surtindo efeito e, por isso, escolhemos a estratégia de controlar a doença em casa”, afirma a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone.

O teste que será feito é do tipo PCR. O resultado sairá entre 24 e 48 horas. Segundo Regina Maura, o método é o mais eficaz. Em São Caetano, os exames serão oferecidos por meio de convênio como Instituto de Medicina Tropical da USP (Universidade de São Paulo). O investimento é de R$ 315 mil.

Governo de São Paulo vai entregar 25.850 adesivos eletrônicos para o pagamento automático de pedágios a caminhoneiros

 

O pagamento nas cabines eletrônicas elimina o contato físico e o risco de contaminação pelo coronavírus

O Governo de São Paulo anuncia parceria para a distribuição gratuita, sem taxa de adesão ou de mensalidade, de 25.850 adesivos eletrônicos (tags) para o pagamento de pedágios nas rodovias do Estado. Ao utilizar as tags nas cabines automáticas, motoristas e funcionários eliminam o risco de contágio pelo coronavírus e agiliza o deslocamento pelas rodovias. A distribuição terá como foco os caminhoneiros, que estão mais expostos neste momento.

Nesse período de quarentena, 64% dos pagamentos de pedágio nas rodovias paulistas estão sendo feitos nas cabines automáticas o que elimina o contato. O objetivo do Governo de São Paulo é ampliar ainda mais este serviço como forma de proteger esses profissionais.

"Todo o esforço do Governo do Estado está sendo feito para combater a disseminação do coronavírus e manter em funcionamento as atividades essenciais para o bem estar da população. Nesse sentido, o trabalho dos caminhoneiros é fundamental e merece toda atenção e cuidado", ressalta João Octaviano Machado Neto, secretário estadual de Logística e Transportes.

Doadas pelas empresas Conectcar, Sem Parar e Veloe, os adesivos eletrônicos serão entregues aos caminhoneiros num kit contendo álcool em gel e folheto informativo. A instalação do equipamento deve ser feita pelo próprio usuário em local seguro, fora da área da praça de pedágio, como postos de serviço, por exemplo. Algumas rodovias irão oferecer instalação no local.
"É importante ressaltar que o setor de alimentos terá exclusividade em 6 mil desses adesivos, oferecidas pela Conectcar e Veloe. Parte dessas tags também foi entregue à Secretaria de Agricultura e Abastecimento, para que sejam destinadas de forma uniforme para os produtores rurais que mais necessitam. Esse tipo de ação é essencial para manter o escoamento da produção rural para as cidades", afirma Gustavo Junqueira, secretário estadual de Agricultura.

A medida faz parte de um conjunto de ações criadas pela Força Tarefa do Estado formada pelas Secretarias de Logística e Transportes, Agricultura e Abastecimento, Governo, Segurança Pública, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Econômico, além de órgãos como a DERSA, Artesp, DER, Invest SP e Polícia Militar.

Além da distribuição dos adesivos eletrônicos, as 20 concessionárias de rodovias paulistas estão adotando ainda medidas preventivas nas praças de pedágio, principalmente no que diz respeito ao contato com os usuários e proteção de seus colaboradores. Foi intensificado o uso de álcool gel para a equipe que manuseia dinheiro e os procedimentos no atendimento aos usuários também foram reforçados junto ao pessoal de cabine, assim como a limpeza e desinfecção das edificações das praças.

Nas rodovias sob concessão, a tarifa de pedágio é o que garante tanto a conservação das pistas quanto os atendimentos de socorro médico e mecânico. E, mesmo com o atual cenário de queda de tráfego nas rodovias, os contratos de concessão determinam que toda a prestação de serviço seja mantida sem redução dos elevados índices de qualidade estipulados em edital.

Canal de Denúncias - Foi criado um Canal de Denúncias onde qualquer caminhoneiro poderá reclamar ou relatar uma situação ocorrida nas rodovias - como um bloqueio ou serviços essenciais fechados, por exemplo. O canal funciona pelo ‪0800 055 5510 (24 horas) e pelo e-mail:
abastecimentoseguro@sp.gov.br.

Áreas de descanso - O Estado de São Paulo suspendeu por 90 dias a pesagem dos caminhões nas rodovias estaduais. A decisão agiliza a circulação de produtos e protege os profissionais evitando o contato direto entre motoristas e funcionários que operam as balanças. Com isso, as concessionárias paulistas de rodovias passaram a usar alguns dos postos de fiscalização como áreas de descanso para os caminhoneiros ampliando esse atendimento.

Acesso aos domingos - Outra medida anunciada a favor dos caminhoneiros, para garantir o funcionamento da malha rodoviária paulista e, consequentemente, todo o sistema de escoamento de produtos, foi a liberação do acesso de caminhões aos domingos à tarde na chegada pelas rodovias a São Paulo. Antes esse acesso era restrito devido ao grande fluxo de veículos que retornam para a Capital no final de semana.

Alimentação e saúde - As concessionárias mantêm programas de saúde e de segurança viária em que atendem os caminhoneiros em diversas ações ao longo do ano. No atual contexto de pandemia, em que a higiene é ainda mais fundamental para reduzir a proliferação do coronavírus, as concessionárias fizeram parcerias com postos de serviços das rodovias para oferecer banhos gratuitos aos caminhoneiros -- já foram entregues 4.357 "kits banho" desde o dia 23 de março. Além disso, os caminhoneiros estão recebendo alimentação, lanche e marmitex -- já foram entregues quase 13 mil kits neste período. Também foram criados pontos de apoio aos caminhoneiros onde é possível medir a temperatura com termômetro digital e, em caso de febre, o caminhoneiro é encaminhado à unidade de saúde mais próxima.

Além das ações nas pistas, as concessionárias paulistas estão com campanhas de incentivo e reconhecimento à importância do trabalho desses profissionais, principalmente no atual cenário de pandemia.

MAIS DE 60 ANOS DE HISTÓRIA

 

 

LEITURA ONLINE

 

Confira todas as edições do Jornal de S. Caetano na íntegra! 

PUBLICIDADE

 

Confira nossa tabela de preços e reserve seu anúncio!

 

FALE CONOSCO!