Escola de São Caetano do Sul conquista 1º lugar em campeonato digital de leitura

escola 2.jpg

Foto: Divulgação/PMSCS

Alunos que atingiram as maiores pontuações no Campeonato Arkos 2017.  No centro, a professora Renata Gonçalves de Sousa

O incentivo à leitura transformou-se em título de torneio digital para uma escola municipal de São Caetano do Sul. Isso porque os alunos da EMEF Sylvio Romero, do Bairro Oswaldo Cruz, tiveram o melhor desempenho do Estado de São Paulo na 4ª edição do Campeonato Arkos, realizado em 2017. Somente no Estado, participaram 15.875 alunos de 209 escolas.

 

O torneio é 100% online, em que as crianças respondem a perguntas em formato de quiz e vão avançando de fases, como em um game. As questões referem-se a livros que vão desde contos de fadas até a clássicos da literatura infanto-juvenil. Tudo dividido por categorias.

 

O Campeonato Arkos ocorre ao longo de seis meses, dividido nas etapas Municipal (abril a junho), Estadual (junho a agosto) e Nacional (agosto a outubro). Em 2017, foram mais de 28 mil alunos participantes, superando 400 escolas de todo o Brasil. “Participamos com 350 estudantes de todas as nossas turmas do 2º ao 5º ano”, diz Fabiano Augusto João, diretor da EMEF. “Embora exista a intertextualidade com as demais disciplinas, nosso objetivo é valorizar a leitura com um acompanhamento específico”, explica.

 

Além do 1º lugar no Estado de São Paulo, a escola também teve sua turma do 3º ano B conquistando a terceira colocação em escala nacional, entre 2. 125 turmas de mais de 400 escolas de todo o Brasil.

 

SALA DE LEITURA

A EMEF Sylvio Romero conta com Sala de Leitura onde os livros ficam totalmente acessíveis às crianças. As obras que integram o Projeto Arkos contam com selo de identificação e, quinzenalmente, a escola promove encontro especial relacionado ao torneio. “Unido à tecnologia, o gosto deles pela leitura melhorou uns 90%”, comemora a professora Renata Gonçalves de Sousa.

 

Os alunos Pedro Bilacchi, Otávio de Lima, Rodrigo Augusto, Enzo Garcia, Enrico Vedovello e Ryu Faria estão entre os alunos participantes com melhores desempenhos. “A gente também troca livros entre a gente e pega emprestado de parentes,” diz Rodrigo.

Santo André recebe a peça

“Planeta Água em Cena 3”

 

Apresentações abordam a preservação do meio ambiente e o respeito à natureza de maneira lúdica 

Planeta Agua em Cena_02_Easy-Resize.com.jpg

Foto: Fonte Comunicação

A cidade de Santo André recebe a peça “Planeta Água em Cena 3”, que vai abordar, de maneira lúdica, temas sobre a importância da água, a preservação do meio ambiente e o respeito à natureza. O projeto é uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Rouanet, produção do Grupo Komedi e patrocínio da Real Food.

As apresentações gratuitas acontecem nos dias 10 de abril, às 10h e 14h, na Escola Estadual Deputado Valentin Amaral e dia 11 de abril às 10h na Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Sônia Aparecida Marques.

Escrita por Sérgio Valle e com direção de Adriano Veríssimo, a peça traz à cena os personagens Julinha Relógio, Sr. Pinguinho, Vovô Pingão, Murilo, Gaivota Gabriel e Baleia Balu. Curioso como ele só, o Sr. Pinguinho quer saber tudo sobre a água em nosso planeta e se pergunta por que ela está acabando. Aos poucos, com a ajuda da família e de amigos, Pinguinho vai descobrindo de onde a água vem, para onde vai e como desperdiçamos esse recurso muitas vezes sem pensar. “A finalidade do espetáculo é despertar nas crianças o respeito à água, lançando mão de uma história envolvente e que utiliza melodias cantadas e narrativas em tom de comédia, para facilitar a compreens&atild e;o dos alunos”, explica o Supervisor de Marketing do Grupo Komedi, Welson Ribeiro.

A Real Food Alimentação apoia o projeto por acreditar que o desenvolvimento sustentável só é possível com educação e respeito pelo meio ambiente. Nossa ideia é transformar as crianças em multiplicadores do conhecimento, despertando a consciência de que nossas atitudes presentes podem impactar diretamente nas gerações futuras.

Outros temas que também se destacam são as reflexões sobre a preservação do meio ambiente, a relação com a família e com os amiguinhos, a realização de desejos, a busca da felicidade, a superação dos medos e a construção de uma sociedade melhor.

“Queremos proporcionar às crianças acesso ao teatro, como cultura e linguagem artística, contribuindo para a formação humana e cultural deles. Além disso, os temas são sempre motivados a provocar uma mudança de atitude em relação a aspectos ambientais, sociais e humanos e, em seguida, podem ser trabalhados em sala de aula”, ressalta Ribeiro.

 

Ficha técnica: Planeta Água em Cena 3

TEXTO: Sérgio Valle

DIREÇÃO: Adriano Veríssimo

ELENCO: Cia Metrópole

PRODUÇÃO: Grupo Komedi

PATROCINIO: Real Food

================================================

André Grizante traz título de paraciclismo para São Caetano do Sul

Andre Grizante - Copa do Brasil Indaiatuba-compressed.jpg 2.jpg

Foto: Divulgação

O final de semana foi de conquista para o esporte de São Caetano do Sul, com o primeiro lugar no pódio do paratleta André Grizante na categoria MC4 do Troféu João Schwindt, primeira etapa da Copa do Brasil de Paraciclismo, realizada em Indaiatuba, interior de São Paulo, com mais de 150 paratletas que competiram em provas de contrarrelógio e resistência. A competição, que tem Grizante como líder geral, conta pontos para o ranking mundial.

 

A Copa do Brasil de Paraciclismo é considerada uma das mais importantes do País, que nesta temporada contará com três etapas. Além de Indaiatuba, a competição passará por Brasília (DF), entre os dias 22 e 24 de junho, e finalizará em Curitiba (PR), entre 24 e 26 de agosto.

 

“Hoje, saí com a vitória com uma estratégia em que, logo na primeira volta, fiz um contra-ataque depois da primeira subida, em que colocamos um ritmo forte e abrimos uma boa vantagem dos sobreviventes do pelotão. Foi um circuito muito pesado e técnico, em que tivemos de administrar a diferença. Esta foi apenas a primeira etapa do Copa Brasil de Paraciclismo 2018, e gostaria de agradecer a minha família, amigos por todo suporte, meus treinadores e a todos que, de alguma maneira, contribuíram para esta vitória”, comentou Grizante, ao final da prova.

 

Insônia e depressão podem contribuir para a Doença de Parkinson

  

Para especialista, interação social e exercícios cerebrais são imprescindíveis para prevenção e tratamento da patologia

 

Com o passar dos anos e, diante do envelhecimento do corpo e da mente, o ser humano se torna mais suscetível ao aparecimento de doenças neurodegenerativas. A Doença de Parkinson, por exemplo, tem na idade avançada o seu maior fator de risco. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de 1 a 3% da população mundial até 65 anos é afetada pela doença. No Brasil, mais de 200 mil pessoas já foram diagnosticadas, e, de acordo com a Academia Brasileira de Neurologia, estima-se que em 2040, 8 milhões de pessoas devem ser diagnosticadas com a patologia.

A Doença de Parkinson se trata da degeneração de neurônios situados em um local do cérebro chamado de “substância negra”, responsável pela produção da dopamina que atua em toda a parte motora do indivíduo e também no equilíbrio. É essa degeneração que desencadeia os principais sintomas da patologia, conforme explica Sandra Garaude Greven, geriatra do Solar Ville Garaude. 

“Os primeiros sinais e sintomas são muito leves e se alteram muito de pessoa para pessoa. Frequentemente são diagnosticadas a insônia e a depressão como primeiros sintomas ou, até mesmo, como fator desencadeador da doença. Os quadros iniciais podem ser tremores e lentificação apenas de um lado do corpo, além da lentificação dos movimentos, enrijecimento, dificuldade na locomoção, e em alguns casos, perda de olfato, rosto sem expressão, tonturas, desequilíbrio e constipação intestinal."

Após o diagnóstico do problema, é importante ressaltar que o paciente pode e precisa realizar o tratamento e com isso, ter uma vida normal, conforme explica Cleber Duarte, neurocirurgião funcional e membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. “Apesar de não ter cura, a doença de Parkinson tem tratamento. E, em geral, após o tratamento é possível ter uma vida normal e ser produtivo. Quer o tratamento seja cirúrgico ou clínico, o seu foco deve ser reabilitar o paciente e reinseri-lo na sociedade. As pessoas não podem deixar de realizar atividades físicas, cognitivas e laborais por causa do diagnóstico”, detalha.

Nesse contexto, a especialista destaca que exercícios e estimulações cerebrais, bem como atividade física e interação social são imprescindíveis tanto para o tratamento quanto para a prevenção da Doença de Parkinson. “A atividade física ajuda muito na prevenção e também no tratamento. Na parte física contribui para o fortalecimento muscular, melhora a postura, a flexibilidade dos membros e diminui a rigidez muscular”, detalha Dra. Garaude.

Para a geriatra, os exercícios cerebrais e a interação social possuem papel tão importante quanto a prática de atividade física. “Estudar uma outra língua e realizar exercícios desafiadores contribui muito para a prevenção e tratamento da doença. A convivência social também é fundamental como uma forma de manter o cérebro ativo e sadio.  Quando nos relacionamos com alguém é preciso buscar histórias, inovar no diálogo, se modificar e aprender. A relação social contribui para a melhora da depressão, que acaba piorando todos os quadros que apresentam uma deterioração do cérebro. Por isso, esse estímulo é essencial”, ressalta.

A médica afirma que o geriatra, geralmente, como o médico que acompanha o paciente, pode (e deve) realizar o diagnóstico precoce da doença, tratando todos os sistemas comprometidos com o objetivo de oferecer mais qualidade de vida, bem-estar e auxiliando para que, mesmo com a Doença de Parkinson, o indivíduo possa manter uma rotina ativa e saudável.

 

 

Pessoa Física pode doar 3% do imposto de renda ao Conselho da Criança e do Adolescente

 

Quem ainda não entregou sua declaração de imposto de renda, e tiver valor a pagar, tem a oportunidade de fazer uma boa ação. A pessoa física pode doar 3% de seu imposto devido ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Caetano do Sul.

 

Na cidade, a Prefeitura está incentivando os munícipes a fazerem sua doação ao Conselho. Entre as atribuições da entidade está a de garantir o direito de participação do cidadão na definição das ações de atendimento às crianças e adolescente e construir novas relações entre governo e cidadão.

 

A doação é válida para que quem faz a declaração na modalidade completa e que não fez a destinação do Imposto de Renda até 30 de dezembro de 2017.

Prefeitura de São Caetano do Sul abre inscrições para projetos de arte-educadores e oficineiros

 

A partir desta quarta-feira (18/04) e até o dia 4 de maio estarão abertas as inscrições para o credenciamento de projetos de arte-educadores e oficineiros para ações culturais e artísticas de 2018 promovidas pela Prefeitura de São Caetano do Sul.

 

Podem se inscrever cidadãos com registro profissional, licenciatura ou experiência comprovada nas áreas artísticas, culturais e de práticas culturais compatíveis com as ações da Secretaria de Cultura (com exceção de funcionários ou prestadores de serviços da Prefeitura).

 

Os requisitos necessários para a inscrição podem ser vistos no edital publicado no site da Prefeitura de São Caetano: www.saocaetanodosul.sp.gov.br

 

Os resultados do processo seletivo serão divulgados no dia 18 de maio.

 

Leandro Hassun se apresenta em São Caetano nesta sexta no Teatro Paulo Machado de Carvalho

 

 

Leandro Hassum-compressed.jpg

Foto: Divulgação          

O comediante Leandro Hassun estará nesta sexta-feira (20/04), às 21h, no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, Bairro Santa Maria) com o show ‘#Rindo com Hassum’. De volta aos palcos, o comediante continua divertindo o público brasileiro em qualquer lugar do planeta. Hassun já passou pelos EUA, Canadá e Japão com o espetáculo.

 

Os ingressos custam R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Podem ser adquiridos pelo site www.bilheteriaexpress.com.br e nas bilheterias do teatro, a partir de terça-feira (17/04), das 14h às 19h. O evento tem duração de 75 minutos. A classificação etária é 14 anos.

 

Com um olhar afiado, Hassun faz humor sobre assuntos do cotidiano que normalmente passam despercebidos. Como tudo acaba virando piada nas suas mãos calejadas pela academia, cada espetáculo é único e conta com a interação do público.

 

Mais informações podem ser obtidas via Secretaria de Cultura, pelo telefone 4232-1237. O show é de inteira responsabilidade da produtora.

.

Governo em Movimento’ leva serviços da Prefeitura ao Bairro Barcelona e realiza 1.649 atendimentos

Governo em Movimento - Barcelona - 14 abril 2018 3-compressed.jpg

Foto: Divulgação/PMSCS

Em sua segunda edição, o programa “Governo em Movimento”, da Prefeitura de São Caetano do Sul, apresentou resultados positivos no contato direto com o munícipe do Bairro Barcelona. No total, foram feitos 1.649 cadastros de atendimento na escola do bairro, nas casas dos moradores e nas tendas durante a semana.

 

O programa tem como principal objetivo criar um canal de comunicação direto do poder público com o munícipe, prestando informações, ouvindo opiniões e encaminhando demandas de serviços municipais. No sábado (14/04), 220 servidores voluntários estiveram presentes em ruas do Bairro Barcelona e cadastraram 1.353 famílias. As demandas foram encaminhadas às secretarias correspondentes e terão o seu retorno nos próximos dias.

 

Em alguns casos, foram providenciados atendimentos no mesmo dia. Entrega de cestas básicas, atendimentos médicos emergenciais e recolhimento de entulhos, por exemplo, foram resolvidos na hora.

 

“Ficamos muito satisfeitos com a resolução das demandas trazidas pelos voluntários que foram às ruas. O mais importante foi, sem dúvida, a recepção nas casas, sempre muito positiva e acolhedora”, disse o prefeito José Auricchio Júnior.

 

O bairro também recebeu os serviços do Comando Contra as Pragas, nova ação da Prefeitura de combate ao mosquito Aedes aegypti, escorpiões e ratos.

 

NA ESCOLA
Além da ida dos voluntários até os munícipes, a EMEF 28 de Julho esteve de portas abertas para uma série de atividades e serviços. Houve aferição de pressão arterial, vacinação contra febre amarela, palestra de vigilância sanitária, orientações sobre elaboração de currículo e atendimento às entidades do bairro.

 

O projeto Cidadão da História ocorreu no auditório da escola, e homenageou 19 personalidades, entre pessoas, empresas e comércio do Bairro Barcelona. Para entretenimento houve atividades esportivas e culturais, brincadeiras, jogos e apresentações de música, dança, teatro e circo na quadra esportiva. Tudo gratuito.

 

e o show é de inteira responsabilidade da produtora.

Mais de 9 milhões de paulistas podem destinar parte do imposto de renda para ajudar crianças e adolescentes

 

Doações para projetos sociais não representam custo extra ao contribuinte; em 2017, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA) bateu recorde de arrecadação

 

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA), em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS), inicia campanha para incentivar mais de nove milhões de contribuintes a destinar até 3% do imposto de renda para projetos sociais. A destinação pode ser feita para o Fundo Estadual até 30 de abril, data limite estipulada pela Receita Federal para a entrega da declaração.

Com o tema “Imposto de Renda do Bem”, a iniciativa distribui cartazes nas estações do Metrô, CPTM e EMTU, e nas ruas de todo o Estado. Além disso, são disponibilizados materiais digitais, inclusive um vídeo tutorial com o passo a passo, que ensina como destinar o dinheiro.

 

Em 2017, o CONDECA bateu recorde de arrecadação. Ao todo, recebeu R$ 37,5 milhões de recursos, que estão sendo distribuídos para projetos sociais com foco em atividades culturais, educacionais, pessoa com mobilidade reduzida, esporte e saúde. Em três anos, foram 77,5 milhões arrecadados, que devem beneficiar cerca de 90 mil jovens.

 

Quando o contribuinte doa, o Conselho realiza a gestão do Fundo e, por meio de edital, faz a chamada pública dos projetos. As entidades sociais têm trabalhos sólidos, efetivos e reconhecidos internacionalmente.

 

Saiba como doar:

 

O vídeo para saber como destinar parte do imposto de renda está disponível em: https://youtu.be/cWWXCMwyo4M

 

Para destinar, é preciso entrar no programa da Receita Federal, onde será feita a Declaração de Imposto de Renda, no modelo completo. Após preencher os dados, vá em Resumo da Declaração, Doações Diretamente na Declaração ao ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), e selecione Fundo Estadual no Estado de São Paulo. O CNPJ do CONDECA será carregado automaticamente.

 

Posteriormente, informe o valor da doação, que deve estar dentro do limite de dedução, calculado automaticamente pelo programa. O programa emitirá um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), que deverá ser pago até o dia 30 de abril.

 

Para mais informações, é só acessar: http://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br ou http://www.condeca.sp.gov.br/

 

MAIS DE 60 ANOS DE HISTÓRIA

 

 

LEITURA ONLINE

 

Confira todas as edições do Jornal de S. Caetano na íntegra! 

PUBLICIDADE

 

Confira nossa tabela de preços e reserve seu anúncio!

 

FALE CONOSCO!